Como funciona o limite do cartão


Sabia que o Brasil é o país com maior número de usuários de cartões na América Latina? Porém, muitas pessoas ainda não sabem, por exemplo, como funciona o limite do cartão, mesmo usando o recurso diariamente.

Ao dividir os débitos, é comum que os usuários comprometam seus orçamentos mais do que deveriam. Ao mesmo tempo, muitos não pensam duas vezes antes de aumentar o limite do cartão de crédito sempre que são autorizados. 



Continue a leitura para saber como funciona o limite do cartão e como usá-lo da melhor forma.

Como funciona o limite do cartão de crédito?

Tenha em mente que o limite do cartão de crédito é um valor que o seu banco te permite utilizar em compras usando este meio de pagamento. De forma geral, ele é definido levando em conta dois fatores: a sua comprovação de renda e seu perfil de bom pagador. Ou seja, quem ganha mais e paga em dia consegue ter um limite maior.

Este limite sobre o valor total de gastos pode funcionar de duas maneiras. O primeiro é como um valor mensal, que se encerra com o pagamento da fatura. Se você tem um limite de R$3 mil mensais, por exemplo, e fez uma compra de mil, seu limite ficará em R$2.000,00 até o fechamento da fatura. Para que seu limite volte aos R$3 mil no próximo mês, é preciso pagar o boleto. 

O segundo é como um valor total. Nesse caso, se você tem um limite de R$3 mil, mas faz uma compra de R$3 mil dividida em 10 parcelas sem juros de R$300, seu limite já está esgotado. 



Sendo assim, no próximo mês, quando você pagar a primeira parcela da compra, vai liberar apenas R$300 como limite para a próxima fatura. Assim, seu limite de R$3 mil só será restabelecido após você pagar todas as parcelas dessa compra.

Como aumentar ou reduzir o limite do cartão?

Vale destacar que antigamebte esse processo era bastante burocrático e envolvia uma negociação com o gerente de conta na agência. Sua solicitação também passaria por uma nova análise de perfil para saber se o banco poderia te conceder algum aumento no limite do cartão.

Atualmente, é mais simples controlar o limite do cartão de crédito, seja através da internet banking ou aplicativo. Você também consegue acionar o atendimento do banco via telefone para pedir um limite maior ou menor. Alguns tipos de cartões de crédito ainda oferecem a função de “liga/desliga”, que você pode solicitar sempre que achar necessário para que os gastos não fujam do controle.

Mesmo com tantas facilidades, para aqueles que desejam obter um limite muito maior do atual, é preciso ter um bom comportamento financeiro para aumentar as chances de aprovação. Lembrando que bom comportamento envolve ações como: pagamento das faturas antes do prazo de vencimento, movimentações na conta bancária etc.

Tem limite no cartão de crédito, mas não consegue comprar: o que fazer?

Algumas vezes acontece do usuário possuir limite no cartão de crédito, mas ter suas compras não autorizadas. Há diversos motivos para isso acontecer, porém o mais comum deles é o atraso do pagamento da fatura. Mesmo que o cliente possua limite disponível no cartão, se não for pago a fatura dentro da data de vencimento, a instituição financeira pode bloquear o produto e impossibilitar o uso do mesmo.

Para solucionar esse problema, basta pagar a fatura atrasada. Geralmente, o desbloqueio do cartão é feito de maneira automática em até 3 dias úteis. No entanto, se não ocorrer, basta ligar para a Central de Atendimento do seu cartão de crédito e solicitar o processo.

Dicas para não estourar o limite do cartão

Confira a seguir algumas dicas para não estourar o cartão e prejudicar as suas finanças:

Planeje as suas compras

Saiba que a melhor forma de não se endividar com esse meio de pagamento é planejar suas compras. Se você precisa fazer um gasto maior – como comprar um eletrodoméstico ou eletrônico, por exemplo – busque escolher uma época para a compra em que, além de conseguir alguma promoção, esse gasto não se some a outros. Assim você evita que os gastos com cartão fiquem mais pesados em determinada época, dificultando o pagamento dessa dívida.

Acompanhe os gastos diariamente

Lembre-se que seu limite de crédito é um meio de pagamento e não um bônus dado pelo banco a você. Por isso mesmo, é preciso acompanhar seus gastos regularmente. Alguns aplicativos de banco te permitem fazer um acompanhamento bem simples de seus gastos como.

Usando essa ferramenta, ao longo do tempo você terá uma ideia do seu perfil como consumidor, quais são os seus gastos fixos e onde é possível cortar para ter mais dinheiro sobrando.

Não esqueça dos juros

Tenha em mente que a taxa de juros do cartão de crédito é uma das maiores do mercado e atrasar a fatura desse meio de pagamento é uma péssima decisão.

Ou seja, uma boa maneira de não perder o controle com as compras e estourar o limite do seu cartão de crédito é pensar nos três dígitos de juros do cartão de crédito rotativo e que, se você entrar em uma bola de neve financeira envolvendo esse meio de pagamento, será muito difícil sair. Não custa lembrar mais uma vez: planeje suas compras, acompanhe os gastos e corra dessa taxa de juros.

O que achou das dicas? Deixe o seu comentário.

Add a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.